Chegamos ao final de nossa série sobre os Sensos de Qualidade do Programa 10S e por isso vamos falar sobre o Senso de Responsabilidade Social (SEKININ SHAKAI).

Este Senso em sua essência reflete a imagem e postura que a organização deve ter com e para a sociedade. 

Portanto, está diretamente relacionado ao comprometimento de gestores, diretores e demais funcionários com o público-alvo.

O que é Senso de Responsabilidade Social (SEKININ SHAKAI)?

Tem a finalidade de propagar dentro da empresa a real importância da prática da responsabilidade social, a qual não deve ser vista como mais uma obrigação da organização.

A responsabilidade social empresarial deve ultrapassar as fronteiras de somente desenvolver programas de ações sociais para incentivar e estimular o voluntariado em trabalhos de cunho social, atendendo, dessa forma, as carências da sociedade.

Os exemplos são inúmeros.

Pode começar com o pagamento dos impostos, tributos, bem como estar de acordo com as exigências da legislação trabalhista e ambiental. 

Há indícios de que o termo Responsabilidade Social Empresarial tenha sido mencionado pela primeira vez durante o Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável, ocorrido em 1998, com o seguinte teor:

“Se trata de comprometimento permanente dos empresários de adotar um comportamento ético e contribuir para o desenvolvimento econômico, melhorando simultaneamente a qualidade de vida de seus empregados e de suas famílias, da comunidade local e da sociedade como um todo”.

Esse tratado só vem para reforçar o compromisso ético e moral no relacionamento com o quadro de funcionários, familiares, além dos fornecedores e clientes, procurando ter consciência com a prática ambiental, respeitando a diversidade e lutando contra a desigualdade social do país.

Isso é o mínimo do que se espera de uma empresa comprometida e séria, onde além de se preocupar com seu público, também começa agir de dentro para fora. 

De que forma esse comprometimento interno ocorre? 

  • Oportunizando a igualdade de cargos e salários, levando em consideração critérios realmente primordiais na seleção de cargos ou em eventuais promoções.
  • Promovendo a busca incessante pelo conhecimento e pela formação dos colaboradores, para que possam aprimorar técnicas e habilidades, criando, desta forma, um ensino continuado onde todos ganham.

> Sobre esse item leia: SHIDO e ações que qualificam um profissional

A responsabilidade social também está atrelada à segurança no trabalho, com eventos permanentes que reforçam formas de prevenção em casos de risco, a fim de evitar qualquer tipo de acidente de trabalho.

Implantando o Senso de Responsabilidade Social

A implantação do Senso de Responsabilidade Social (SEKININ SHAKAI) na empresa deve ser feita a partir de atividades criativas, como, por exemplo, a inserção do significado de responsabilidade social à missão da empresa.

O próximo passo é divulgar esse conceito no ambiente de trabalho para que funcionários e fornecedores visualizem e se sintam motivados para agir com responsabilidade social, compromissados com a preservação do meio ambiente, o uso dos materiais reciclados e o respeito à diversidade dentro do local de trabalho.

Já falamos sobre o uso consciente de recursos e materiais no Senso de Utilização.

Veja como implantar o SEIRI em sua empresa.

Benefícios do Senso de Responsabilidade Social (SEKININ SHAKAI)

  • Aperfeiçoamento da imagem da empresa diante da sociedade e do governo
  • Mais produtividade dos empregados.
  • Clareza no relacionamento com clientes, empregados, acionistas, sociedade e fornecedores.
  • Contribuição para o crescimento econômico da população.
  • Maior preocupação com meio ambiente.

O Senso de Responsabilidade Social (SEKININ SHAKAI) deve ser implementado na empresa com a proposta de melhorar o clima organizacional da corporação, proporcionando um ambiente de motivação, onde os funcionários possam confiar e demonstrar suas ideias para a empresa.

Por isso é tão importante o desenvolvimento de competências de responsabilidade moral nos negócios.

Implantei o Programa 10S, e agora?

Não pense que o trabalho termina com a implantação dos 10 Sensos. A partir de agora é preciso avaliar com periodicidade a execução e os resultados de cada novo processo adotado pela empresa. 

Com base em dados quantitativos e qualitativos aconselho realizar um comparativo com os meses anteriores à implantação dos 10 Senso para melhorar ainda mais o Programa ou realizar ações corretivas.

Se você precisa de ajuda para realizar esse trabalho, me mande um WhatsApp que terei o prazer em ajudar sua empresa nessa etapa tão crucial. 

Tenho mais de 18 anos de experiência em processos produtivos e soluções de conflitos, por isso garanto: é natural, com o passar do tempo, as pessoas diminuírem a participação nas ações ou praticarem os hábitos propostos nos Sensos, colocando tudo a perder.

Então você, como responsável pela implantação do Programa 10S, deve manter essa chama acesa. 

Para te ajudar nesse trabalho, relacionei algumas dicas para manter a motivação:

  • Manter uma avaliação periódica dos Sensos.
  • Garantir o envolvimento permanente da alta administração.
  • Realizar treinamentos constantes com os colaboradores.
  • Traçar metas em longo prazo.
  • Criar um plano de comunicação permanente dos resultados e evolução do Programa.
  • Promover concursos internos com premiações para pessoas e setores que se destacaram.
  • Criar formas de expor ações e melhorias propostas pela equipe, como uma exposição de fotos.
  • Planejar encontros periódicos para apresentar um balanço, bem como uma auditoria do Programa.

E aí?

Gostaram da série sobre os 10 Sensos do Programa de Qualidade? 

Continuo compartilhando mais informações sobre o Senso de Responsabilidade Social (SEKININ SHAKAI) e o Programa 10S em minha página no Facebook.

Me acompanhe lá também.

Até a próxima!